Rss Feed




  1. ISBN-13: 9788582739273
    ISBN-10: 8582739273
    Ano: 2014
    Páginas: 104
    Editora: Multifoco

    Sinopse: Quem é Dona Teresina? O que é a Síndrome da FOFOCA? Dona Teresina e sua Vizinhança é uma história totalmente diferente de outras já lidas e folheadas. Muitos podem até insinuar que o enredo descrito nessas páginas é fictício antes mesmo de chegar à última página. Contudo, nunca é bom tomar atitudes precipitadas, pois em todo lugar pode existir uma Dona Teresina.




    Olá pessoal, como estão?

    Hoje estou aqui com uma resenha de um livro muito engraçado e cheio de barracos. Esse é um livro que recebi em parceria com o autor via PDF. O livro mostra muito bem a glamorosa vida da classe C e eu fiquei rindo todo momento, relembrando fatos que acontece na minha vizinhança igual no livro.
    São vários fatos que acontece com a Dona Teresina e é bem retratado no livro a vida de pessoas iguais a nós, quer dizer aqueles da classe C. Kkskks

    A história começa com o nascimento da Dona Teresina e já é o começo do exagero de um nascimento com muito barraco, ainda mais para colocar o nome dela de Dona Teresina não só Teresina. A mãe da menina fez maior barraco para colocar tal nome. Desde criança Dona Teresina mostrava seu dom para fofoca e parecia muito imperativa. Quando crescida Dona Teresina resolve mudar de cidade, já que gostava mais de cidades pequenas e pacatas, logo muda para a CIDADE SEM NOME.
    É bom dizer um pouco da personalidade de Dona Teresina, era uma daquelas pessoas que se vestia igual um palhaço, com roupas extravagantes e muito chamativas, já da para perceber o naipe da pessoa. Além disso, ela tinha a Síndrome da FOFOCA que todos da família já tiveram. Fala mais do que a língua pode aguentar e não aceita desaforo.
    Quando Dona Teresina chega à cidade, começa a ganhar a vida com geladinhos e depois disso ela fica muito famosa, pois é a única que vende os melhores geladinhos da cidade e até monta uma fábrica. Vai brincando.
    Muitos tentaram copiar a fábrica de Dona Teresina, até mesmo o nome já que ela estava fazendo muita fama e ganhando muito, mas ela foi muito esperta e como não queria concorrentes mudou seu nome para Teresyna e assim ninguém mais conseguiu copiar, pois tinham problemas com tal letra Y.


    A história vai se basear no dia-a-dia da Dona Teresina e em seus momentos de barraco pela cidade. Ela tem uma vizinha que todos chamam de feiticeira, tem uma grande rixa com ela e assim não param de brigar. Alguns acham que ela é maluca, outros dizem que ela é feiticeira, mas ninguém sabe o real motivo de ela ser daquele jeito, toda fechada e desvairada.
    Vários fatos são descritos, como a OFV que é a Organização das Fofoqueiras da Vizinhança onde várias mulheres se reúnem para colocar o papo em dia daquele jeito que todos conhecem. A presidente como não era de se esperar era a própria Dona Teresina. Tudo que acontece na cidade essa Organização discute, tudo mesmo nem se for à cor do brinco de uma pessoa. Esse deve ser o cúmulo da fofoca, não creditei quando li sobre tal Organização.
    Muitos fatos ocorrem e a cada capítulo vamos vendo como é a vida de Dona Teresina e sua vizinhança (Dãr), como é o dia-a-dia daquela cidade e de muitos acontecimentos que vão passando pela história.

    NOTA


     INSCREVAM-SE NO CANAL (CLIQUE AQUI)

    Bom, basicamente o livro vai contar esses fatos e muitos outros, um mais exagerado que o outro e como já disse cheio de barracos. Consegui ver muito alguns dos meus vizinhos nesse livro e esse é o ponto forte do livro. Conseguimos sentir algo de nós no livro e assim vemos como nossa vida se retrata no livro. Não tenho o que falar de mal pelo livro, mas não é um dos gêneros que amo demais.
    Para aqueles que gostam de assuntos engraçados e contemporâneos com muito barraco, pegue esse livro e comece a desfrutar da vida de Dona Teresina e sua vizinhança (tenho que parar com isso) Kksksk.

    OBS: Muito obrigado Wilgner pelo livro, eu adorei a parceria e espero que o livro faça muito sucesso pela frente.
    O que acharam da história? Digam-me nos comentários, vou ficar feliz em saber.

    Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Twitter, Instagram e Skoob. Sempre deixo coisas por lá.
    Espero que tenham gostado.
    Até a próxima.


    |


  2. 0 comentários :

    Postar um comentário