Rss Feed
  1. [TEXTOS COMEMORATIVOS]- Dia do Folclore

    sexta-feira, 4 de setembro de 2015




    Olá pessoal, como estão?

    Claro que esse post está super atrasado, mas qual é o problema não é verdade? (risos). O Dia do Folclore já aconteceu há umas duas semanas, mas por alguns problemas só pode ser postado hoje.
    Quem não conhece alguma lenda de alguma região e que é contado para todas as idades? Essa data é muito especial para nosso país e desse modo é super importante conhecermos mais sobre tal data.
    Vou deixar de encher as suas paciências e trazer agora o texto da nossa querida autora Tânia Tonelli.

    Dia do Folclore

                Esta data é comemorada no Brasil e em outros países no dia 22 de agosto. Começou a ser celebrada a partir de 1846, pois o arqueólogo inglês Willian John Thoms inventou a palavra folklore. Através da junção do folk (povo) e lore (conhecimento) demonstrando as culturas populares tradicionais de cada nação.
    O folclore são as tradições populares de um povo. Representados pelos vestuários, comidas típicas, músicas, danças, lendas, contos e anedotas. Vários escritores se inspiraram no folclore para escreverem suas obras. Como exemplo os folcloristas brasileiros Mario de Andrade e Ariano Suassune.
    No Brasil representamos o folclore pelas culturas dos índios, brancos e negros. Tornou-se rico e diversificado tendo suas características de acordo com cada região.
    Região Norte: comida – peixe assado, pato no tucupi. Danças – marujada, boi-bumbá. Lendas – Curupira, Vitória-régia.
    Região Nordeste: comida – acarajé, carne de sol. Danças – frevo, bumba-meu-boi. Festas- Senhor do Bonfim, Iemanjá (Bahia).
    Região Centro-Oeste: comida – arroz de carreteiro, a galinhada. Danças – tapiocas, folia de reis. Lendas – Lobisomem, Saci-Pererê.
    Região Sudeste: comida – feijoada, tutu de feijão. Danças – fandango, batuque. Lendas – Mula-sem-cabeça, Lagoa Santa.
    Região Sul: comida: churrasco, pinhão assado. Danças – cateretê, baião. Lendas – Neguinho do Pastoreio, do Boiguaçu.
    Cada região possui suas próprias características, o jeito, gosto e costume do seu povo.
    Tânia Tonelli

    Então pessoal, o que acharam do texto? Conhecem lendas bem esquisitas? Diga nos comentários, vou adorar saber.
    Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Twitter, Instagram, YOUTUBE, GoodReads e Skoob. Sempre deixo coisas por lá.
    Espero que tenham gostado.
    Até a próxima.
    |


  2. 0 comentários :

    Postar um comentário